Início > SBS 2008 > Virtualizando o Windows Small Business Server 2008.

Virtualizando o Windows Small Business Server 2008.


Visão Geral:
Nesse tutorial iremos ver que agora é possível virtualizar o Windows SBS 2008 e quais são os requisitos e cenários indicados.

Virtualização é um assunto amplamente discutido no meio tecnológico e cada vez mais empresas estão aderindo essa tecnologia.

Benefícios:

  •  Consolidação de Servidor: Com a virtualização é possível instalar vários sistemas operacionais na mesma máquina diminuindo assim custos de gerenciamento e o TCO (Custo total de Propriedade).
  •  Energia: Com menos servidores físicos os gastos com energia elétrica e refrigeração também são diminuídos sensivelmente.
  • Continuidade dos Negócios e Recuperação de Desastres: Com a virtualização o processo de recuperação de um servidor é muito mais rápido em relação a máquina física. Basta voltar os arquivos de configuração e de discos que o sistema estará no ar rapidamente.

  •  Sistemas Operacionais: Com o Hyper-V é possível executar vários sistemas operacionais simultâneos tanto de 32 bits quanto 64 bits. Esses sistemas podem ser na plataforma Microsoft como também Linux entre outros.

Requisitos :

  •  Hardware: os requisitos de hardware para executar o SBS 2008 em ambiente virtual é o mesmo de uma instalação física. Para maiores informações consulte esse link: http://engdanielc.spaces.live.com/blog/cns!D31795086867E62!480.entry
  •  Servidor Primário: É o primeiro servidor que inclui o Windows Server 2008 e seus componentes como o Microsoft Exchange Server 2007
  •  Servidor Secundário: Esse servidor executa o Windows Server 2008 Standard, e, opcionalmente, o software de banco de dados Microsoft SQL Server® 2008 Standard Edition for Small Business para seus aplicativos de linha de negócios.

Nomenclatura:

  •  Hypervisor: Uma camada de software que fica logo acima do hardware e abaixo de um ou mais sistemas operacionais. O hipervisor controla e arbitra o acesso ao hardware subjacente. Ele é o responsável por criar, gerenciar e excluir partições.
  •  Tecnologia Hyper-V: Um componente principal do Windows Server 2008 que possibilita a consolidação de vários sistemas operacionais virtuais em um único computador físico.
  •  Partição pai: A partição que foi criada primeiro, que executa o Windows Server 2008 e que possui todos os recursos que o hipervisor não possui, incluindo a maioria dos dispositivos e a memória do sistema. A partição pai cria e gerencia as partições filho em que você cria máquinas virtuais e instala sistemas operacionais convidados. Quando a função do Hyper-V é configurada e o servidor é reiniciado, a instalação do Windows Server 2008 que era o sistema operacional nativo do sistema se torna o sistema operacional na partição pai do servidor Hyper-V
  •  Virtualização: Um termo geral usado para descrever a abstração de recursos para computadores. Neste documento, ele se refere ao processo de configurar um servidor secundário em um domínio do Windows SBS 2008 para hospedar uma ou mais máquinas virtuais.
  •  Máquina virtual: Um computador virtual localizado em uma partição filho, criado por emulação de software e que tem as mesmas características de um computador físico.

Cenários de Virtualização:

Cenário 1 –  Virtualizando apenas o segundo servidor:

Nesse cenário serão usados dois servidores físicos. O primeiro servidor (Servidor Primário) contendo todas as funções do SBS como Exchange, WSUS, Sharepoint, etc, instalado em um servidor físico. Já no segundo servidor físico, será instalado o Windows Server 2008 Standard com apenas a função de Hyper-V habilitada e ai o servidor secundário do SBS que contém a tecnologia de banco de dados SQL Server 2008 ficará virtualizado. Além disso, é possível virtualizar outros sistemas operacionais conforme necessidade da empresa.

clip_image001

Cenário 2 –  Virtualizando os dois servidores 

Nesse cenário, será usado apenas um servidor físico. Instalaremos na máquina física o Windows Server 2008 Standard com Hyper-V habilitado e nada mais. Em seguida serão instalados os servidores primário e secundário virtualizados. O servidor primário do SBS 2008 conterá todas as funções (Exchange 2007, Sharepoint, WSUS). Após concluir esse processo, será instalado o servidor secundário com Windows Server 2008 Standard e com o SQL Server 2008 Standard. É possível também instalar outros sistemas operacionais virtualizados. Entretanto, as questões de hardware devem bem dimensionadas para que não se tenha problema de performance.

clip_image002

Licenciamento: O Windows Small Business 2008 está disponível em duas versões, Standard e Premium. A versão Standard que contém os principais componentes do produto pode ser instalado em apenas uma instância, ou seja, apenas uma vez, seja em servidor físico ou virtual. Já a versão Premium dá direito de instalar uma segunda cópia do Windows Server 2008, Sendo assim, Instalando o Windows Server 2008 com Hyper-V habilitado no servidor físico é possível instalar os outros dois servidores virtuais (Servidor Primário e Secundário) sem necessidade de comprar licenças adicionais. Mesmo no caso do primeiro cenário que apenas um servidor será virtualizado, não há necessidade de comprar licenças adicionais.

Problemas conhecidos em virtualizar o SBS 2008:

O Hyper-V não virtualiza portas COM. Como resultado, se você conectar um periférico à porta COM do sistema físico, o periférico não estará disponível para o sistema operacional convidado.

  • Como o Hyper-V não virtualiza portas COM, a função de servidor de fax do Windows Server 2008 não é suportada no Hyper-V. Para mais informações, consulte o artigo 958664 da Base de Conhecimento, no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=131205).
  • O Hyper-V não virtualiza portas USB. Assim, se você usar um arquivo de resposta para instalar o servidor, você deve colocar uma cópia desse arquivo em uma unidade virtual da máquina virtual.
  • O suporte a USB não está disponível no Hyper-V. Entretanto, você pode deixar uma unidade de disco USB offline na partição pai e montá-la "de passagem" para o controlador IDE ou iSCSE na máquina virtual. Se você usar esse método para montar uma unidade de disco em uma máquina virtual, você deve considerar a unidade como uma unidade de disco "interna" e, dessa forma, não deverá desconectar a unidade do hardware físico. Você também pode usar redirecionamento de recursos durante uma seção de Área de Trabalho Remota para trazer determinados dispositivos do computador local para a máquina virtual. Para mais informações, consulte estes artigos:
  • Para sessões de Área de Trabalho Remota em um computador com o Windows Vista®, consulte "Como posso usar meu dispositivo Plug and Play em uma sessão de Área de Trabalho Remota", no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=131609).
  • Para sessões de Área de Trabalho Remota em um computador com Windows XP, consulte o artigo 300698 da Base de Conhecimento, "Recursos do Cliente de Área de Trabalho Remota no Windows XP", no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=131608).
  • Você pode não conseguir instalar o Windows SBS 2008 em uma máquina virtual, se você tiver configurado a máquina virtual para usar um fuso horário diferente do da partição pai. Isso pode ocorrer se o servidor instalado na máquina virtual for um controlador de domínio Windows SBS 2008. Para informações sobre como solucionar o problema, consulte o artigo 956359 da Base de Conhecimento no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=131208).

Problemas de Backup e Restauração do Servidor

  • Você pode configurar uma unidade de disco interna ou um disco rígido virtual (VHD) localizado em uma unidade de disco interna como uma unidade de backup do servidor. Para exibir as unidades de disco internas no Assistente para Configuração de Backup de Servidor, marque a caixa de seleção Mostrar todas as unidades, no assistente.
  • Também é possível configurar um dispositivo externo de armazenamento como uma unidade de backup de servidor, mas você deve considerar tal dispositivo como uma unidade interna. Você não deve desconectar um dispositivo de armazenamento externo se você usar o dispositivo para hospedar um VHD Hyper-V ou para hospedar uma máquina virtual.
  • Não faça o backup de ou restaure mais de uma partição ao mesmo tempo. Isso causa um conflito quando cada instância do processo de backup ou restauração tenta bloquear o gravador do Serviço de Cópias de Sombra de Volume (VSS). Para mais informações, consulte o artigo 958665 da Base de Conhecimento Microsoft no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=131206).

Recursos adicionais

Para uma lista de outros problemas conhecidos, consulte as Notas de Versão no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=129037).

Fonte de Pesquisa: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/dd239207.aspx

Daniel Santos
MVP Windows Server System – Small Business Server
Blog: http://carlosfprocha.com/blogs/danielsantos/
Sites
:
Comunidade: http://www.technetbrasil.com.br/forum
Corporativo
: http://www.dacnetwork.com.br/

Categorias:SBS 2008
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: